sábado, 8 de maio de 2021

Masters of the Universe Origins - Beast Man...

Agora que já chegaram a Portugal, anda toda a gente à caça de figuras Masters of the Universe Origins.
Sou da opinião que nem todas as séries vão aparecer por cá mas espero que as séries que aparecerem, apareçam em quantidades generosas e não aos poucos exemplares como tem acontecido por cá.


Para deixar mais água na boca, deixo aqui mais um artigo de uma personagem da série um e uma das favoritas da maioria dos coleccionadores.
O Beast Man já foi falado aqui neste meu blogue imensas vezes e penso já ter contado tudo sobre a personagem e sobre a sua origem em artigos anteriores, no entanto e para deixar mais do que fotografias e descrição escrita do que estão a ver, vou tentar revelar mais alguns segredos desta Besta rubra que acompanha Skeletor para todo o lado.

Já aqui tinha revelado que este Beast Man é apenas um individuo pertencente a uma raça de Eternia que é nativa das Ilhas Berserker.
As Ilhas Berserker são um arquipélago de ilhas vulcânicas com algumas montanhas cuspidoras de fogo, que se situam no Harmony Sea. A sua atividade vulcânica deve-se devido à proximidade das Sands os Fire, um deserto inóspito e quase inultrapassável. Este deserto faz fronteira a Oriente com o Hemisfério Negro de Eternia. 

Pequeno detalhe do mapa de Eternia do tempo de Randor

As ilhas ficam abrigadas entre as Sands of Fire e uma delgada península que adentra o Harmony Sea e onde existe o grande reino de Trinok, onde os habitantes são uma mescla de espécies felinas e bestas estranhas. Estas ilhas são também o habitat da tribo felina dos Qadians que é governada pelo Chief Carnivous. É nas florestas densas deste grupo de ilhas que vivem os Beast Men de onde Raqquill Rqazz, conhecido apenas por Beast Man, é proveniente.
Pouco mais se sabe sobre o nome local ou da raça dos Beast Men ou mesmo o nome que dão a si próprios.


Voltando à figura de Beast Man desta colecção de Masters of the Universe Origins, podemos logo verificar que a semelhança com a figura vintage é grande e aqui a articulação faz toda a diferença juntando a dinâmica das poses a um aspecto familiar e novo ao mesmo tempo.


Como não podia faltar, o Beast Man vem com o seu chicote, desta vez apresentando-se mesmo com uma corda e não em plástico rígido ou moldado, como a Mattel apresentou na figura Masters of the Universe Classics ou mesmo na figura MOTUC Club Grayskull Filmation Style.


Os detalhes estão bons mas não deixa de ser mais um Beast Man a engrossar as fileiras de estilos atrás de estilos desta personagem.
Para muitos coleccionadores este será o primeiro Beast Man completo a adornar a colecção de Masters of the Universe. Para outros, como eu, será mais uma peça já conhecida e que marca a história de uma linha que promete multiplicar-se ainda mais nos próximos tempos, principalmente com a chegada da nova série animada ainda para este ano e que já sabemos que vai trazer mais figuras e uma outra linha para colecionar.
Este Beast Man pertence à série 1 de Masters of the Universe Origins e veio para o mercado em 2020.


sexta-feira, 7 de maio de 2021

Leituras do Best - Playmobil #47...

Logo, logo depois da revista Playmobil Pink, chega-nos a revista Playmobil Blue que está quase a chegar ao número 50!!!
É um marco glorioso a revista ter-se aguentado em Portugal até agora e continua a trazer grandes surpresas para os entusiastas da Playmobil.


Desta vez o tema é o mar e a caça ao tesouro.
A primeira história de banda desenhada chama-se "Caça ao Tesouro no campismo" e vem mostrar uma aventura diferente com o mergulhador amador Filipe.


Desta vez este número vem com duas histórias e uma passa-se no mundo perdido dos dinossauros. na aventura "O Fruto da Eternidade", vamos acompanhar dois amigos investigadores que buscam uma planta muito especial.


A revista vem cheia de jogos, desafios, passatempos, labirintos e muito mais.
O poster duplo não pode faltar e o brinde que é o próprio mergulhador Filipe.


A figura é muito boa e embora já tenham saído vários mergulhadores, todos ligados aos Bombeiros ou à Polícia, desta vez é uma figura mais simples e de mergulho livre.
A personagem vem devidamente equipada e trás como acessórios um cálice dourado e uma moreia que também aparece na história.


No próximo número voltamos ao tema dos bombeiros, com mais uma figura e respectivos acessórios.
Ficamos a aguardar a aventura do próximo mês!!

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Hot Wheels - Fast And Furious: Spy Racers Rio- Astana Hotto (versão em preto)

Existem destas coisas em Hot Wheels e para os diversos coleccionadores destas miniaturas referentes a séries e filmes, as versões de cores diferentes são frequentes.
Este Astana Hotto, o carro que a personagem Lyla Gray conduz na série animada Fast and Furious:Spy Racers vem, desta vez, com uma cor negra brilhante.


As minhas pesquisas pela série encontram esta versão na série Spy Racers Rio que é nada mais do que a segunda temporada e é passada no Rio de Janeiro.
Sendo assim não é uma versão de cor inventada mas um carro que aparece na série co cores diferentes e sendo assim uma opção oficial e um coleccionável justificado.


O carro em preto nada acrescenta ao mesmo a não ser a cor.
Os detalhes são os esperados e esta versão pode até agradar mais a certos coleccionadores.

Este Astana Hotto, nesta versão, pertence ao lote D de 2021.
Este é um lote que já se encontra por aí em certas lojas e superfícies comerciais.

segunda-feira, 3 de maio de 2021

Leituras do Best - Playmobil Pink #23...

Uma das coisas que me deixa por vezes um bocadinho chateado com as revistas Playmobil é a repetição constante dos temas.
Normalmente as revistas são muito apelativas e as história em banda desenhada não são assim tão más, embora apresenta uma inocência um pouco exagerada, o que se entendo dada a faixa etária a que as revistas são destinadas.
No entanto penso que a frequente repetição dos temas e das figuras é o que faz alguns coleccionadores desistirem de comprar esta revista.


Este mês o tema ronda, novamente, a vida de uma médica veterinária. Este tema já tinha sido abordado no número 13 desta revista.
Claro que a figura que vem no brinde deste mês é diferente do que apareceu no número 13 e por isso já estou agradecido à Playmobil pela imaginação, mas mesmo assim a repetição dos temas deixa-me um bocadinho desiludido com a continuidade da revista.
Desta vez não é a Dra. Mariana mas sim a Dra. Miau, uma médica veterinária com nome de gato mas com um problema canino.
A história chama-se "Ajudante de 4 patas" cheia de mistério e aventura e algumas gargalhadas.


A revista vem recheada de jogos, informações sobre os Border Collie, passatempos, poster duplo, análises a conjuntos e muito mais.


A figura tem bons detalhes.
A Dra. Miau vem com um estetoscópio e com um cão e respetiva taça para comida.


No próximo número teremos uma figura diferente, com um tema muito original e que promete grandes aventuras.




sábado, 1 de maio de 2021

Masters of the Universe Eternia Minis - Série 1...

Quando a primeira linha de figuras Mini de Masters of the Universe saiu para o mercado em 2013/14, ache que a ideia tinha muito potencial e que poderia tornar-se em algo maior e que os coleccionadores iria aderir sem pensar duas vezes. Estava-se mesmo a ver que a Mattel iria continuar com a ideia de por no mercado mais figuras desta colecção de Minis.
A ideia vingou e em 2020 aparecem os Masters of the Universe Eternia Minis que apresento aqui na totalidade.


Esta é uma colecção de figuras com design semelhante à colecção anterior e de 2013 mas que se apresenta para o mercado normal. Nos Estados Unidos são figuras que se vendem em supermercados e em grandes superfícies comerciais como figuras Blind Box cheias de estilo.


As figuras são apresentadas encerradas num pequeno Castelo de Grayskull que por sua vez está em venda numa caixa de cartão que representa também um Castelo muito bem desenhado, sendo a porta levadiça o único acesso às caixas plásticas que encerram as figuras.


A ideia de vender as figuras encerradas num pequeno castelo de Grayskull é de génio.
Cada figura vem misteriosamente escondida e o Castelo tem detalhes excelentes. Cada caixa vem com uma etiqueta com o nome da colecção e lacrada com plástico transparente.
Depois de aberto o castelo, a figura no interior vem dentro de um saco de plástico sendo os acessórios guardados numa saqueta à parte que trás um folheto, apresentando a colecção como se fosse um mini poster.


São 8 figuras para colecionar com detalhes muito bons e que representam 4 dos personagens dos guerreiros heroicos e 4 dos guerreiros maléficos com os devidos acessórios.
As figuras podem ser apresentadas como estão ou encaixar-se nos pequenos pernos que as caixas Grayskull têm no seu topo.
Sendo assim temos o He-Man, que vem com a sua Power Sword.


Man-At-Arms vem com a sua tradicional maça laranja. Aqui até tem uma cor de laranja mais clara o que torna a arma diferente da armadura do herói.


Outro dos heróis e o Ram Man que vem com o seu machado. Esta figura é ligeiramente maior do que as restantes figuras e os detalhes são também muito bons.


O Buzz Off é outro dos heróis escolhidos para esta série 1. Desta vez vem com uma espécie de bastão machado e é a melhor figura desta série. Os detalhes são excelentes e representam em pleno a personagem.


Skeletor vem com o seu Havoc Staff. O líder dos guerreiros maléficos vem em grande estilo, como sempre, e com um design já conhecido da linha original destas mini figuras.


Jitsu é um dos favoritos de muitos e aqui vem com a sua espada. Os detalhes da figura conferem e não deixa de ser uma excelente escolha para esta série.

  

Trap Jaw não podia faltar. Esta é uma figura quase tão icónica como o Beast Man ou o Tri-Klops que ma admirei muito de não ver nesta série. No entanto fiquei um pouco desiludido com este Trap Jaw, principalmente por não trazer todos os acessórios para por no seu braço mecânico. Este lacaio do Senhor do Mal vem apenas com a garra e no entanto os detalhes nesta figura são muito bons.


O último guerreiro maléfico é também a "Chase Figure", a figura difícil e que só aparece uma por caixa. A honra coube a este Horde Zombie He-Man como é chamado aqui e que é conhecido também por Slime Pitt He-Man.
A figura é transparente, não brilha no escuro mas o efeito é muito bom.
Vem com um machado e cheio de atitude.


No geral esta é uma colecção espectacular.
As figuras estão muito bem feitas, as caixas Grayskull são brutais e dá mesmo vontade de customizar e pintar e expor e ter porque é mesmo uma grande ideia.
Estas figuras Blind Box às vezes são evitadas pelos coleccionadores que não querem repetidos, no entanto as caixas vêm com um código que se pode seguir e descobrir que figura vem no interior com alguma facilidade.


Esta colecção não está à venda em Portugal, pelo menos por enquanto.
Acredito que se tal acontecer, vai desaparecer das prateleiras em tempo recorde por isso é uma questão de estarmos muito atentos porque pode ainda ser uma realidade.